Especial Novidades Serviço

Cuidados com o combustível adulterado

Confira as dicas para não ser enganado
Discas CESVI - Combustível Adulterado (divulgação)

O CESVI – Centro de Experimentação e Segurança Viária – elaborou um pequeno guia para ajudar motoristas a se prevenirem e não colocar combustível adulterado em seus carros.

Todos sabemos que, quando esses combustíveis são adulterados, eles podem ser prejudiciais e danificar o motor do seu carro.

No caso da gasolina adulterada, alguns postos de combustíveis adicionam solventes ou etanol anidro para mudar a composição, o que acaba prejudicando o funcionamento correto do motor. No caso do etanol, a adulteração ocorre com a adição de etanol anidro ou hidratado a composição original, ou até mesmo adição de água – para render mais.

Discas CESVI – Combustível Adulterado (divulgação)

E no caso do óleo diesel, a adulteração ocorre com a adição de impurezas, como o enxofre que deixam o combustível mais denso e difícil de ser processado pelo motor do veículo. Veja a seguir algumas dicas que o CESVI dá para evitar cair nessas armadilhas.

Itens mais afetados:

Todas as peças que têm um contato maior com o combustível, como toda a linha de alimentação, bomba de combustível, filtros, bicos injetores, velas e catalisadores, são diretamente afetadas. A reposição dessas peças têm custo elevado.

Em alguns casos, o dano pode se estender às áreas ao redor, como o cabeçote. Alguns tipos de adulteração podem comprometer até mesmo o funcionamento do motor como um todo. Isso é comum quando a proporção de solvente ou água é muito grande.

Confira abaixo alguns dos sintomas que o veículo pode apresentar após o abastecimento com combustível adulterado:

  • Alteração no rendimento: aumento do consumo,
  • Falhas ao dar a partida,
  • Perda de potência,
  • Ruídos anormais,

Dá para testar

O consumidor tem o direito de exigir um teste de qualidade do combustível nos postos – o chamado “teste da proveta”. É rápido e gratuito. Se o posto se recusar a fazer o teste, entre em contato com a ANP ou até mesmo com o Procon.

Veja mais:

>> Cesvi dá dicas sobre limite de velocidade

>> Volkswagen garante 7 prêmios na avaliação do CESVI

>> Dicas sobre balanceamento

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva