Destaque Mercado

Ford Ranger foi a picape que mais subiu de preço em 2021

Das dez picapes e caminhonetes que mais encareceram em 2021, mais da metade da lista é composta por versões da Ford Ranger
Ford Ranger Black [divulgação]
Ford Ranger Black [divulgação]

O ano de 2021 não foi nada gentil com o preço dos carros no Brasil. Coloque na balança a crise dos semicondutores, fábricas paradas, coronavírus e alta no dólar para entender o estrago que aconteceu. Mas os modelos mais afetados foram as picapes, como prova o grande aumento de preço pelo qual a Ford Ranger passou

Em um levantamento exclusivo da Jato Dynamics a pedido do Auto+, comparamos os preços dos carros na primeira semana de janeiro de 2021 com a última de dezembro do mesmo ano. O objetivo era tentar entender os reajustes pelos quais os carros passaram e algumas surpresas foram reveladas.

A Ford Ranger foi a picape que mais subiu de preço em 2021. Especificamente a versão XL Chassi-cabine. Ela teve aumento de 35% no preço: saiu de R$ 137.890 para R$ 186.590 em um ano com reajuste de R$ 48.700. Já nas variantes XL Cabine Simples e a XL Cabine Dupla, ambas tiveram reajuste de 30% – mesmo pelo qual passou a Nissan Frontier Attack.

[Auto+ / João Brigato]
[Auto+ / João Brigato]
Frontier, aliás, aparece no topo da lista quase com tanta frequência quanto a Ranger. No patamar dos 29% de aumento temos Frontier. Logo abaixo, três versões da Ranger ficaram 28% mais caras em 2021: Storm, Limited e XLT, enquanto a Frontier LE e XE já abre a turma dos 27% de aumento.

Nesse degrau inferior, outras picapes surgem na lista, como a Mitsubishi L200 Triton com o mesmo aumento da Frontier LE e da XE nas versões Outdoor GLS e Outdoor GL. Ranger também marca presença com aumentos de 27% no preço da versão XLS.

L200 Triton Outdoor
L200 Triton Outdoor (divulgação)

Confira lista das picapes que mais encareceram em 2021:

  1. Ford Ranger Chassi Cabine – 35% de aumento
  2. Ford Ranger XL Cabine Simples, Ranger XL e Nissan Frontier Attack – 30% de aumento
  3. Nissan Frontier S– 29% de aumento
  4. Ford Ranger Storm, Limited e XLT – 28% de aumento
  5. Nissan Frontier LE e XE, Mitsubishi L200 Triton Outdoor GLS e GL, Ford Ranger XLS – 27% de aumento
  6. Mitsubishi L200 Triton Outdoor GLX e Toyota Hilux SR – 26% de aumento
  7. Ford Ranger XLS e Toyota Hilux SRX – 25% de aumento
  8. Toyota Hilux SRV, Cabine Simples e STD Power Pack, Volkswagen Amarok Comfortline e Highline e Renault Oroch Express – 24% de aumento
  9. Chevrolet S10 LT – 23% de aumento
  10. Chevrolet S10 LTZ, High Country, LS, LS e Advantage e Toyota Hilux SRV – 22% de aumento

>>Toyota Hilux SRX: regalias de Corolla com apetite pela terra | Avaliação

>>Volkswagen Amarok V6 é estradeira com rugas evidentes | Avaliação

>>Ford Ranger Black: urbana, elegante e bom custo-benefício | Avaliação

Sobre o autor

João Brigato

Um comentário

Clique aqui para comentar