Especial Novidades

Mercedes Classe C muda pouco, mas ganha painel digital

Mais tecnológico, sedã será apresentado no Salão de Genebra
Mercedes Classe C (divulgação)

A Mercedes-Benz revelou o Classe C 2019, que traz discretíssimas alterações na parte externa – o que exige até um certo esforço para saber o que mudou. Mas o sedã traz pacote com importantes itens tecnológicos, marcando sua presença no próximo Salão de Genebra, em março.

Como mudança da chamada “meia-vida”, o sedã traz novos para-choques, lanternas com novo arranjo interno e faróis Multibeam que podem contar até com 84 leds (com facho eletronicamente adaptável).

A exemplo dos modelos mais caros (vide Classe S, Classe E e Classe A) , o novo Classe C agora traz a opção do painel de instrumentos digital configurável com tela de 12,3 polegadas. Novidade também é o novo sistema head-up display, volante com botões sensíveis ao toque, enquanto a central multimídia com tela de 10,2 polegadas — que ainda parece um tablet — permanece na parte central do painel.

Mercedes Classe C (divulgação)

O sedã também será um tanto mais tecnológico que o anterior ao ganhar sistema de condução semi-autônoma, trazendo itens como assistente de manutenção em faixa, controlador de velocidade adaptativo e frenagem de emergência.

A Mercedes-Benz disponibilizou poucas informações a respeito da ficha técnica do Classe C 2019, mas espera-se que o sedã terá novidades de motores a gasolina e diesel. Nos Estados Unidos, sabe-se que o sedã terá o motor 2.0 turbo, que recebeu ajustes para entregar 255 cv (10 cv a mais), mantendo os mesmos 37,7 kgfm de torque do modelo antigo.

Veja mais:

>> Novo Mercedes Classe A: tecnológico e com motor Renault

>> Avaliação: Audi A3 2.0 Ambition, um sedã esportivo discreto

>> Vídeo: veja como o BMW M5 mudou em 33 anos

Sobre o autor

Diego Dias

Diego Dias

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva