Destaque Novidades

Novo Chevrolet Monza 2023 vaza: bom substituto para o Cruze?

Com estilo parecido com o do Onix Plus, novo Chevrolet Monza 2023 já substituiu o Cruze lá fora. Mas e aqui?
Chevrolet Monza 2023 [ministério de patentes China]
Chevrolet Monza 2023 [ministério de patentes China]

Apesar de ter nascido como um produto global, o Chevrolet Cruze é produzido somente na Argentina hoje em dia. Os EUA já abandonaram o modelo faz tempo, enquanto na China ele foi substituído pelo Monza. E como já faz alguns anos que essa sucessão aconteceu, o novo Chevrolet Monza 2023 já está pronto para sua estreia.

Vazado antes da hora pelo registro de patentes na China, o novo Monza 2023 mudou sutilmente de design para parecer mais sofisticado. O modelo anterior mais se assemelhava a um Onix Plus com um plus a mais (perdão pelo trocadilho infame). A dianteira foi a que mais mudou, com destaque para a grade frontal.

Seguindo a nova linguagem visual da Chevrolet, que deve estrear no Brasil com a nova Montana, o Monza 2023 tem grade frontal trapezoidal que ocupa boa parta do para-choque. A barra que divide a grade em duas partes tem acabamento em cromo escuro como no Equinox RS.

Chevrolet Monza 2023 [ministério de patentes China]
Chevrolet Monza 2023 [ministério de patentes China]
Já os faróis, agora full-LED, diminuíram de tamanho e tem estilo mais sofisticado. Entradas de ar verticais marcam o visual esportivo do para-choque dianteiro. A traseira ele ganhou novas lanternas com desenho ainda mais parecido com o do Onix Plus. Só que agora não há mais um friso cromado ligando as duas metades. O para-choque também é novo.

Meio termo

Feito sobre a mesma plataforma do Cruze, o novo Chevrolet Monza 2023 tem 4,65 m de comprimento, 1,78 m de largura e 1,46 m de altura, com entre-eixos de 2,64 m. Comparando ao Onix Plus, o Monza é 18 cm mais longo, 5 cm mais largo, 1 cm mais baixo e tem entre-eixos 4 cm mais longo.

Chevrolet Monza 2021 [divulgação]
Chevrolet Monza 2021 [divulgação]
Já contra o Cruze, o Monza 2023 é 1 cm mais curto, 2 cm mais estreito e 2 cm mais baixo, além de ter entre-eixos 6 cm mais curto. A gama de motores também muda, sendo três opções: 1.5 quatro cilindros aspirado de 109 cv, 1.0 três cilindros turbo (o mesmo do Onix Plus, mas com injeção direta) com 125 cv e o 1.3 turbo de 163 c que deve aparecer na nova Montana.

>>Chevrolet Equinox RS é o SUV com jeitão americano | Impressões

>>Equinox Midnight volta na linha 2023 junto do Redline

>>Cadillac Escalade-V tem a potência de seis Chevrolet Onix turbo juntos

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar