Destaque Novidades

Peugeot 408 se transformará em SUV cupê na nova geração

Ao contrário do que todos pensavam, o novo SUV cupê da Peugeot não se chamará 4008, mas sim 408 e ele terá mesma estratégia do Citroën C3
Peugeot 408 [divulgação]
Peugeot 408 [divulgação]

Seguindo a estratégia aplicada com os Citroën C4 e C5 X, a Peugeot lançará a terceira geração do 408 como um SUV cupê. O modelo que até então era tratado como 4008, já que se entendia como um 3008 cupê, terá pegada mais urbana e apenas algumas influências dos SUVs. Por isso mesmo a Peugeot evita chama-lo de SUV.

A ideia é exatamente a mesma aplicada no Citroën C3 brasileiro: um hatch que tem fortes influências dos SUVs, não esconde isso, mas não se declara como um utilitário – ao contrário do que fez a Renault ao chamar o Kwid de SUV dos compactos. Por isso até a Peugeot optou por usar 408 ao invés de 4008.

Os primos Citroën C4 e C5 X são exatamente a mesma coisa, tanto que não usam o sobrenome Aircross destinado aos SUVs da Citroën. É bem provável que exista ainda um segundo 408 destinado ao mercado chinês. Por lá os sedãs ainda vendem muito bem e por duas gerações o nome 408 foi exclusivo de lá (uma geração vendida no Brasil, mas derivada do projeto chinês).

Citroën C4 [divulgação]
Citroën C4 [divulgação]
Para a Europa, o novo Peugeot 408 terá carroceria musculosa, rodas grandes, para-lamas bem marcados e um estilo bem esportivo. Teto baixo com curvatura acentuada na traseira darão o tão desejado ar de cupê ao modelo da Peugeot. O teaser revelado pela marca mostra parte da grade frontal e o novo logotipo da Peugeot.

O que chama atenção é que a grade frontal está com pontos internos na cor da carroceria. Ao menos no 208 e no 2008, isso indica que é a versão elétrica, enquanto os modelos a combustão ou usam esses elementos em preto ou cromado. Como todo novo modelo da Stellantis terá versão elétrica, não é de se duvidar que o teaser é do e-408.

Citroën C5 X [divulgação]
Citroën C5 X [divulgação]

Corações franceses

Como ele usará a mesma plataforma EMP2 (renomeada para STLA Medium) do Peugeot 308 e do Opel Astra, o novo 408 será servido por diversos motores do lado PSA do grupo. As versões de entrada usarão o 1.2 PureTech três cilindros turbo, enquanto as mais caras terão o 1.6 THP ligado a um sistema híbrido. Motores Fiat ainda não serão usados no modelo.

O lançamento do novo Peugeot 408 está marcado para junho e a marca francesa prometeu que ele não será um modelo exclusivo da Europa. Ou seja, temos chances de ver o cupê que não é SUV rodando nas ruas brasileiras.

>>Hyundai vendeu 239 mil carros com cintos que podem explodir

>>Peugeot abaixa o preço de todas as versões do 208 2023

>>Por R$ 72.990, Peugeot 208 1.0 só custa mais que Mobi, Kwid e HB20

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar