Destaque

Hyundai Santa Cruz, rival da Fiat Toro, será baseada no novo Tucson

Mais íntima que a relação de Jeep Compass e Fiat Toro, a inédita Hyundai Santa Cruz será a picape do novo Tucson
Hyundai Santa Cruz será derivada do Tucson e brigará com Fiat Toro [divulgação]
Hyundai Santa Cruz será derivada do Tucson e brigará com Fiat Toro [divulgação]

Desde 2015 a Hyundai tem no forno uma picape intermediária com porte de Fiat Toro. Chamada de Santa Cruz, a caminhonete finalmente chegará às linhas de produção em 2021 e a surpresa é que ela será uma derivada do recém-lançado Tucson. Além da Toro, ela enfrentará também a futura Ford Maverick.

Quando foi apresentada em 2015 no Salão do Automóvel de Nova York, a Hyundai Santa Cruz não possuía qualquer relação com outro modelo da marca sul-coreana. Além disso, ela era menor, tinha cabine estendida e estilo mais conservador.

A Hyundai Santa Cruz que chegará às concessionárias dos Estados Unidos no próximo ano (e que tem grandes chances de vir também ao Brasil), terá espaço para cinco passageiros, quatro portas e visual bastante ousado. A Hyundai levará a ideia (e porte) da Fiat Toro a mercados em que a picape italiana ainda não chegou.

Hyundai SantaCruz Concept (divulgação)

A ideia é dividir custos como a FCA fez ao compartilhar entre Jeep Compass e Fiat Toro a plataforma e componentes. Contudo, a relação entre Santa Cruz e Tucson será mais íntima, visto que além da plataforma, eles compartilharão visual, motores e componentes.

Antecipando-se à chegada da Ford Maverick e da Volkswagen Tarok, a Santa Cruz terá faróis divididos camuflados na grade frontal. A lateral será recheada de vincos e dobras e vincos fortes, mas os para-lamas terão recorte arredondado diferente do Tucson. O desenho dos elementos internos da grade também será diferente.

Ainda pouco se sabe sobre a motorização da Santa Cruz, mas é bastante provável que ela replique o que é usado no novo Tucson 2021. O SUV é equipado com motor 1.6 quatro cilindros turbo de 180 cv (ou 230 cv na versão híbrida que não deve chegar à picape).

Há também um motor 2.5 quatro cilindros aspirado de 190 cv restrito ao mercado norte-americano. Por se tratar de uma picape, a Hyundai Santa Cruz deverá oferecer motorização diesel pelo menos na Austrália, Europa e Brasil (caso venha a ser oferecida por aqui).

>>Quarta geração do Hyundai Tucson tem estilo ame ou odeie

>>Hyundai convoca o BTS para criar música da linha de elétricos Ioniq

>>Ford prepara SUV rival para o Hyundai Creta com plataforma indiana

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar